Visite a página de Recursos para servir com segurança para dicas e ferramentas para servir de forma segura a sua
comunidade e faça uma doação à LCIF para impulsionar o serviço dos Leões do conforto e segurança do seu lar.

Início The Lions Blog Os Leões de Uganda acreditam que cuidando do próximo, estamos cuidando de nós mesmos
Ação Global

Os Leões de Uganda acreditam que cuidando do próximo, estamos cuidando de nós mesmos

Viola Jobita 05 de Novembro de 2020
Os Lions Clubes de Uganda doaram EPIs para profissionais de saúde da linha de frente do Hospital Entebbe Grau B, os quais foram recebidos pela Comissária Residente da Força-Tarefa da COVID-19 do governo local, Sra. Rose Kirabira.

“Como se costuma dizer, quando a gente leva alguém até o outro lado do rio, a gente mesmo cruza o rio e fica mais feliz por ter ajudado outra pessoa a atravessar”.

Só podemos fazer uma diferença duradoura e sustentável na vida dos nossos, se os empoderarmos.

Estas palavras do Ex-Governador de Distrito Imediato Dr. Eng. O Dans Naturinda do Distrito 411B de Uganda capturam a abordagem coletiva e popular que os Leões de Uganda adotaram à medida que seus clubes aumentavam o quadro de associados e a capacidade de impactar as comunidades em que vivem.

O Distrito 411B alcançou o status de distrito provisório em 2018 com 952 associados e se tornou um distrito pleno em 1º de julho de 2020, após fundar sete novos clubes com 575 novos associados e ter um aumento líquido de 450 associados. O crescimento do seu quadro de associados permitiu que superassem a meta de 500.000 pessoas servidas no início do ano, servindo quase 3.000.000 de pessoas naquele ano e causando um impacto imediato em muitas outras vidas.

Essa conquista foi o resultado de anos de trabalho conjunto de líderes e, como diz o IPDG Dans, “gera um espírito de humanitarismo ao mesmo tempo em que promove o valor do serviço para atrair aqueles que servimos para que retribuam e também se juntem a nós para servir os necessitados”. Isso teve um efeito multiplicador. Mais associados em Uganda significam mais mãos para servir os ugandeses.

Criar uma marca sustentável para o Lions
As metas e estratégias do D411B visam promover uma mudança fundamental na forma como os Leões servem. Elas consistem em empoderar e envolver cada Leão para que faça a diferença na sua comunidade e estabelecem uma base sólida para o distrito. Alcançou-se sustentabilidade por meio do trabalho conjunto dos líderes atuais com os anteriores e futuros líderes para implementar um plano contínuo e colaborativo para se obter sucesso.

Em colaboração com o IPDG Dans, o primeiro vice-governador de distrito, Leão Sedrace M. Rwekikiga, destacou que a ênfase para o ano de 2020-2021 está nos projetos de serviço, porque eles “têm um potencial de impacto sustentável e nos permitem deixar nossa marca nas comunidades que servimos".

Além de se preparar para o mandato de governadora de distrito de 2020-2021, a 1ª VDG Sedrace, que na época também servia como coordenadora de projetos, liderou projetos distritais e sua implementação por meio de arrecadação de fundos locais e utilizou fundos da Fundação de Lions Clubs International (LCIF) para apoiar essas iniciativas. Os Leões participaram com entusiasmo dos projetos, proporcionando maior exposição a eles e serviços de alto impacto, com planos de ter uma atividade de destaque para cada clube que defina a sua presença na comunidade que serve.

O segundo vice-governador de distrito, John Bosco Ntangaare, que também serviu como coordenador da Equipe Global do Quadro Associativo (GMT) do distrito, citou o Manual de Operações do Distrito, um documento com informações que descreve os planos, sistemas e processos que governam o distrito, e acrescentou que o distrito havia feito um tremendo progresso para aumentar o número de associados, mas que ainda era necessário trabalhar mais em recrutamento. O manual “forneceu uma estrutura adequada de dirigentes que nos empodera para trabalharmos com clubes”, disse ele. “A meta não oficial é triplicar as metas definidas. Assim fazendo, estaremos aumentando nossa exposição e nos empoderando para servir melhor as comunidades”.

Inspirar uma visão compartilhada
Como parte deste plano, o distrito formou várias equipes de engajamento para apoiar os clubes e associados. Por exemplo, a Equipe de Apoio à Experiência dos Associados tem trabalhado com os clubes para conservar os associados atuais e envolver os antigos, tudo visando o envolvimento e satisfação dos associados. Por meio desse envolvimento, os clubes são incentivados a utilizar os recursos de Lions Clubs International, como os guias de Conservação de Clubes, Satisfação de Associados e O seu clube, a sua maneira.

Identificar a resolução de conflitos tem sido outra estratégia para conservar associados. O D411B criou uma Equipe de Mediação e Resolução de Conflitos liderada por um dirigente distrital com representantes em cada divisão. Quando surgem conflitos dentro dos clubes, eles são resolvidos usando os mecanismos estabelecidos com a ajuda de associados seniores, como ex-presidentes, pois às vezes pode ser difícil resolver esses conflitos internamente. A equipe garante que quaisquer conflitos graves sejam resolvidos por meio de mediação, sem pôr em risco a força de um clube.

O pagamento das quotas distritais e internacionais dentro do prazo costuma ser outro desafio para alguns clubes, pois o atraso os coloca em status quo e em risco de terem a carta constitutiva suspensa. Por isso, o distrito iniciou um Esquema de Crédito de Apoio para Clubes em nível de distrito e dirigentes o promovendo em nível de divisão. Este sistema serve como um seguro para clubes que possam estar enfrentando dificuldades financeiras. O requisito é que os clubes contribuam para o plano regularmente e, quando correm o risco de suspensão, podem tomar emprestado do fundo e pagar o dinheiro de volta dentro de um determinado período.

Capacitar outros a agir
O plano em andamento para o distrito também impulsionou a Equipe Global de Ação (GAT) para que fique na vanguarda da ação. A GMT se expandiu, passando a incluir dirigentes distritais separados para recrutamento, um programa de extensão e apoio à experiência dos associados, todos reportando ao coordenador da GMT.

“O crescimento do quadro associativo é sempre a prioridade número um dos Leões, pois está diretamente relacionado ao escopo dos nossos serviços e ao número de vidas que podemos afetar”, disse o segundo vice-governador de distrito, John Bosco Ntangaare. O distrito visa melhorar o valor da afiliação e alcançar novos mercados, estimulando o crescimento exponencial do quadro associativo por meio de uma abordagem multifacetada que expande a GAT tanto em âmbito de distrito como de divisão.

A GLT de distrito foi expandida passando a incluir mais dirigentes de distrito responsáveis pela orientação de dirigentes de clube, desenvolvimento de líderes de distrito, programa de mentoreamento de Leões e treinamento online através do Centro Leonístico de Aprendizagem. O coordenador da GLT supervisiona esses dirigentes com o apoio dos dirigentes da respectiva divisão. Os dirigentes estão em contato direto com os dirigentes de clube nas suas divisões para orientá-los e apoiá-los quanto aos respectivos portfólios.

Todos os líderes de distrito passam por uma orientação organizada pelo coordenador da GLT antes de assumirem o cargo. O coordenador também dá suporte contínuo de desenvolvimento ao longo do ano para líderes em exercício e aspirantes. Os dirigentes de divisão apoiam os líderes de clube no planejamento e os mentoreiam continuamente à medida que assumem suas novas funções de liderança. “A liderança é a força motriz que garante o cumprimento das nossas metas e aspirações. Portanto, precisamos nos concentrar no desenvolvimento de liderança em todos os níveis da nossa associação”, disse o Coordenador da GLT, Leão Gervase Ndyanabo.

Incentivar as pessoas e reconhecer as contribuições
Com relação ao serviço, o Leão coordenador da GST, John Akure, disse: “Só podemos fazer uma diferença duradoura e sustentável na vida dos nossos, se os empoderarmos. Podemos empoderá-los com ideias, habilidades, criatividade, inovação e prestação de serviços participativos em todas as principais áreas de serviço. Vamos trabalhar com as comunidades, para elas e torná-las melhores”. Para assegurar atividades regulares para cada clube, o distrito utilizou uma equipe de dirigentes de divisão enfocados em várias áreas de serviço. Esses dirigentes trabalham para apoiar os clubes no planejamento e implementação das atividades de serviço.

Os clubes são incentivados a identificar uma área em que possam se destacar, de acordo com um dos valores centrais de excelência do distrito. É importante que, sejam quais forem as atividades em que os Leões se envolvam, eles se destaquem, para que sejam conhecidos por prestar os melhores serviços às comunidades. Os dirigentes de divisão ajudam os clubes a identificarem suas áreas mais fortes e as necessidades da comunidade por meio de uma avaliação sistemática para garantir que os Leões façam o melhor e atendam às expectativas das comunidades que servem.

Os clubes aderem à estratégia de Lions International para aumentar o impacto do serviço, e são nomeados dirigentes para supervisionar as atividades de serviço em todas as causas globais. Quando a pandemia de coronavírus (COVID-19) atingiu Uganda, foi ativado o Alerta do Lions sob a Preparação e Assistência em caso de Catástrofes. A Equipe de Resposta a Emergências do Lions agiu rapidamente nos primeiros socorros em meio à pandemia, entrando em contato com departamentos e autoridades governamentais, o Ministério da Saúde, hospitais, agências de mídia e outras organizações humanitárias para levar auxílio e o apoio tão necessário às pessoas afetadas.

Os Lions clubes de Uganda estão ativamente envolvidos com as forças-tarefa locais na luta contra a COVID-19 e estão representados nos comitês locais. Eles tiveram várias intervenções utilizando fundos levantados por clubes e um Subsídio de Emergência de US$ 10.000 de LCIF para fornecer desinfetantes, equipamentos de proteção individual, máscaras cirúrgicas, máscaras faciais, jalecos e galochas, entre outros. A exposição dos Leões durante a pandemia, entre outros fatores, levou a um aumento no número de associados, com quatro clubes sendo fundados no distrito entre abril e setembro de 2020.

IPDG Dr. Dans com o Comissário do Ministério da Saúde para Serviços Médicos de Emergência, Dr. John Baptist Waniaye Nambohe.

IPDG Dr. Dans com o Comissário do Ministério da Saúde para Serviços Médicos de Emergência, Dr. John Baptist Waniaye Nambohe.

“Tornamos possível que novos associados se associem aos nossos clubes, conservamos os atuais e até mesmo fundamos novos clubes, reformulando o que significa ser um Leão como um portal para maiores oportunidades de fazer a diferença nas comunidades, empoderando as pessoas para que vivam vidas produtivas e melhorem a qualidade da sua própria vida”, disse o IPDG Dans. “Se conseguirmos esclarecer a todos que cuidar dos outros é a melhor maneira de cuidar de nós mesmos, então os teremos empoderado o suficiente para mudarem o mundo para melhor”.

Graças ao trabalho e ao planejamento sucessório unificado dos seus líderes, o Distrito 411B de Uganda, está em uma posição sustentável para criar mudanças duradouras.


Viola Jobita é especialista da Equipe Global de Ação para as Áreas Jurisdicionais IV e VIII de Lions Clubs International.

A pandemia de coronavírus (COVID-19) impactou comunidades em todo o mundo de diferentes maneiras. Para garantir que estamos servindo com segurança onde quer que vivemos, os Leões devem seguir as diretrizes dos Centros de Controle de Doenças, da Organização Mundial da Saúde ou das autoridades locais de saúde. Visite nossa página Servindo com segurança para obter recursos que podem ajudar você a servir sua comunidade com segurança.