Visite a página de Recursos para servir com segurança para dicas e ferramentas para servir de forma segura a sua
comunidade e faça uma doação à LCIF para impulsionar o serviço dos Leões do conforto e segurança do seu lar.

Início The Lions Blog Extreme Makeover: Edição Leo
Nas minhas palavras

Extreme Makeover: Edição Leo

Leo Eleonora Fresia 15 de Fevereiro de 2021
Leos do DM 108 se reúnem no lado de fora da Casa Ronald McDonald para os Projetos de Extreme Makeover

A história que vou contar é de luta e frustração, de nunca desistir, mas finalmente obter sucesso - esta é a história do DM Leo 108 da Itália e do seu projeto de serviço Extreme Makeover: Edição Leo.

O que não sabíamos na época, entretanto, era que esse projeto se tornaria uma batalha difícil para nós por causa da COVID-19.

Todos os anos, no Fórum dos Leos da Europa (LEF), os Leos de toda a área unem forças para realizar um projeto de serviço para a comunidade local que os recebe. Em 2020, como o LEF se realizaria na Itália, estávamos planejando um projeto de serviço em uma das Casas Ronald McDonald (Casa Ronald em italiano) de Roma.

Esta associação foi escolhida pelo que representa na esfera italiana e internacional, oferecendo ajuda a famílias com crianças que têm que ficar em Roma por longos períodos para receber tratamentos médicos e pelo fato de que o jardim do estabelecimento precisava de uma grande reforma.

Como fazer uso de um subsídio de LCIF para os Leos durante a pandemia de coronavírus
Desde o início, enquanto avaliávamos o escopo da intervenção necessária, nos perguntamos se poderíamos obter a ajuda da Fundação de Lions Clubs International (LCIF) para concluir o nosso projeto. Em decorrência disso, em 2019, pedimos a ajuda do então Coordenador de LCIF do DM Leo108 da Itália Walter Mavica que, junto com Claudia Balduzzi (líder de área de LCIF para a Região G da AJ IV) e Carlo Bianucci (coordenador de LCIF do DM 108 do Lions da Itália), começou auxiliando a nossa Equipe de Organização do LEF na definição de objetivos claros e áreas de intervenção da proposta do projeto.

Ficamos extremamente entusiasmados com a ideia de poder trazer mudanças positivas para todos os hóspedes da residência Casa Ronald de Palidoro, que culminou com uma visita presencial em janeiro de 2020 para finalizar os detalhes da proposta a ser enviada a Lions Clubes Internacional. O que não sabíamos na época, entretanto, era que esse projeto logo se tornaria uma batalha difícil para nós por causa da pandemia do coronavírus (COVID-19).

Encontrar planos alternativos e permanecer flexível
Em abril de 2020, olhando as consequências da primeira onda da COVID-19, não apenas na Itália, como também em toda a Europa, percebemos que a realização do Fórum dos Leos da Europa em agosto seria impossível. Isso significou o cancelamento de todas as atividades do fórum, inclusive do projeto de serviço.

Nem é preciso dizer que esse fato não nos agradou. Se existe uma razão pela qual existimos como associação, é para servir ao próximo. Imediatamente concordamos que tentaríamos encontrar uma maneira de fazer com que o projeto acontecesse, de uma forma ou de outra.

O primeiro problema que encontramos foi que, por causa da COVID, a Casa Ronald de Palidoro não poderia fazer parte do projeto como inicialmente planejado. Eles nos redirecionaram para a Casa Ronald de Bellosguardo, com a qual já havíamos tido contato para uma pequena colaboração e que também precisava de ajuda para reformar o seu jardim. Pode-se até dizer que a necessidade deles era maior do que a da Casa Ronald de Palidoro.

A segunda questão era decidir quando o projeto de serviço seria realizado. Esta questão foi abordada quando surgiu a oportunidade de realizar uma versão resumida do Fórum dos Leos da Europa. Com o final da primeira onda e as perspectivas para os futuros meses, tornou-se possível realizar tal evento no final de setembro. Foi uma combinação perfeita, pois o clima ainda estaria ameno o suficiente para nos permitir realizar o evento, bem como ter vários Leos europeus no local para participarem.

Depois de obter a aprovação do Conselho de Distrito Múltiplo, trabalhamos com a Coordenadora de Projetos de Serviço Letizia Vanelli, o Coordenador anterior de LCIF para o nosso DM, Walter Mavica, e a nova Coordenadora de LCIF de Leos Martina Cerioni para preparar a proposta do projeto e enviá-la a Lions International para ser aprovada. Todos trabalharam muito na esperança de concretizar nosso sonho, principalmente porque sabíamos que estávamos trabalhando em tempos incertos. A situação do coronavírus definitivamente não era estável e estávamos prontos para mudar e adaptar nossos planos, dependendo da situação.

Comprovou-se que acertamos quando, devido ao novo aumento no número de casos de COVID no país, tivemos que cancelar o Fórum dos Leos da Europa pela segunda vez, e ficamos limitados no número de voluntários que poderíamos ter no local no dia do evento. Ambas as medidas foram decididas com a segurança dos participantes e dos residentes da Casa Ronald em mente, mas acrescentaram uma camada extra de complexidade ao projeto.

No local da Casa Ronald McDonald
Tínhamos agora o desafio de concluir o trabalho inicialmente previsto para 50 voluntários com a mão-de-obra de 15. Os Leos não são conhecidos por desistirem facilmente.

Depois de mudar a data do projeto devido ao mau tempo, com muita alegria, no dia 10 de outubro de 2020, finalmente vimos nosso sonho se tornar realidade. Isso foi possível graças à ajuda de muitos Leos italianos e LCIF, de quem obtivemos um Subsídio para Leos de US$ 5.000, ao qual o DM Leo acrescentou uma contribuição para tornar aquele dia verdadeiramente especial.

Leos plantando um jardim para a Casa Ronald McDonald

Leos plantando um jardim para a Casa Ronald McDonald

Para a ocasião, foram comprados e montados novos móveis de jardim, os muros foram removidos, consertados e pintados, e a entrada foi redecorada com novas flores e o jardim com novas plantas e vasos. No final do dia estávamos cansados e cobertos de tinta, mas nossas máscaras não conseguiam esconder o nosso sorriso, e ficamos muito satisfeitos com o resultado e por ter compartilhado um projeto tão maravilhoso com tantos amigos.

Leos pintando o exterior da Casa Ronald McDonald

Leos pintando o exterior da Casa Ronald McDonald

Todas as atividades foram realizadas de acordo com um rígido protocolo de segurança: uso de máscara em todos os momentos, gel higienizante disponível no local e com temperatura de todos os participantes verificada no momento da chegada. Além disso, nenhum contato direto foi permitido com os hóspedes da Casa Ronald, mas ainda pudemos testemunhar a alegria das crianças em encontrar o jardim completamente transformado e recebemos desenhos delas como forma de agradecimento, os quais guardaremos para sempre.

O que se aprendeu
Este projeto sofreu tantas mudanças que é difícil lembrar de todas. Foi uma decepção ter que desistir da nossa ideia original? Foi frustrante quando as coisas simplesmente não queriam dar “certo”? Foi uma corrida contra o tempo para que todas as alterações fossem aprovadas e implementadas? Houve momentos em que queríamos desistir? A resposta a todas essas perguntas é "sim!" Houve também alguns problemas com a encomenda de diferentes materiais necessários que provavelmente continuarão provocando pesadelos na Letizia e em mim nos próximos anos. No entanto, não poderíamos estar mais orgulhosos de ter acompanhado a conclusão deste projeto.

Um agradecimento especial a todos os Leos italianos, mas especialmente a Letizia Vanelli, Simone Guidotti, Martina Cerioni, Walter Mavica, Francesco Perrella e aos Leos do Leo Clube Tivoli Host, Leo Clube Roma Parioli, Leo Clube Roma Mare, Leo Clube Roma Marco Aurelio, Leo Clube Sabaudia San Felice Circeo Host, Leo Clube Civitavecchia Santa Marinella e os associados do Lions Clube Roma Parioli New Century, sem os quais esta história não existiria.

Transformamos uma pequena parte do mundo naquele dia e fizemos a diferença, porque onde há necessidade, não há apenas um Leão, há também um Leo.

Confira a página da web dos Leos europeus e o boletim informativo para descobrir mais histórias sobre o serviço dos Leos da Europa.


Leo Eleonora Fresia é associada do Leo Clube Savona Torretta e atuou como Presidente do Fórum dos Leos da Europa de 2020.

A pandemia de coronavírus (COVID-19) impactou comunidades em todo o mundo de diferentes maneiras. Para garantir que estamos servindo com segurança onde quer que vivemos, os Leões devem seguir as diretrizes dos Centros de Controle de Doenças, da Organização Mundial da Saúde ou das autoridades locais de saúde. Visite nossa página Servindo com segurança para obter recursos que podem ajudar você a servir sua comunidade com segurança.