Ajude aqueles ao redor do mundo que precisam de assistência para encontrar segurança e proteção
doando para o Fundo para Refugiados e Desabrigados de LCIF. Veja como estamos apoiando a Ucrânia.

Venha comemorar o serviço

Início The Lions Blog Arrancando o que não é bom
A bondade importa

Arrancando o que não é bom

Annemarie Mannion 01 de Abril de 2022
O Lions Clube de Lahti Ankkurit, na Finlândia, concebeu uma maneira de demonstrar amor ao meio ambiente e, ao mesmo tempo, criar empregos para jovens que estavam ansiosos para trabalhar.

Às vezes é preciso fazer isso com plantas e animais invasores

 

Ontem e hoje, a bondade sempre importa quando somos Leões
Os vencedores do Prêmio de Serviços A Bondade Importa de 2020-2021 foram anunciados. Como Leões, acreditamos que a bondade está sempre na moda. Leões e Leos estão continuamente procurando maneiras de melhorar suas comunidades e o mundo ao seu redor, fundamentando todos os projetos de serviço que realizam na ideia de que todas as pessoas prosperam quando demonstram a bondade.

Algo tinha que ser feito para apoiar os jovens.

O Prêmio de Serviços A Bondade Importa (KMSA) foi criado para reconhecer projetos de serviços inovadores e criativos em uma das áreas das causas globais que deixaram um impacto positivo nas comunidades.

Um vencedor premiado, o Lions Clube de Lahti Ankkurit, na Finlândia, concebeu uma forma de demonstrar amor ao meio ambiente e, ao mesmo tempo, criar empregos para jovens ansiosos por trabalhar.

Dando um pouco de amor à terra
A bondade não é apenas algo que os Leões mostram às pessoas, mas também ao planeta.

Entre as muitas coisas que a pandemia de COVID-19 afetou na Finlândia estavam os empregos de verão, que tradicionalmente são ocupados por jovens nas férias escolares. Anne Vahala, do Lions Clube de Lahti Ankkurit, que patrocinou o projeto Cidade Verde do Lions de Lahti, disse que a pandemia eliminou muitos empregos de verão para jovens, com a maioria dessa perda durante o verão de 2020.

“Eles foram duramente atingidos pela COVID”, disse ela. “Algo tinha que ser feito para apoiar os jovens.” E eles perceberam que poderiam fazer algum bem para o meio ambiente ao longo do caminho.

O clube lançou o projeto Cidade Verde do Lions de Lahti para remover espécies invasoras, incluindo a lesma espanhola (Arion vulgaris), o tremoço (Lupinus polyphyllus) e o bálsamo do Himalaia (Impatiens glanulifera).

O bálsamo do Himalaia tem flores rosas, vermelhas ou brancas que podem parecer bonitas, mas crescem em áreas densas que suprimem as gramíneas nativas e outras floras.

A lesma espanhola, que é marrom ou vermelha tijolo com tentáculos pretos, come folhas, flores e bulbos de plantas. Também pode proliferar rapidamente e é uma ameaça aos ecossistemas e outras lesmas.

O tremoço, originalmente nativo das montanhas do oeste da América do Norte, chegou à Finlândia como planta ornamental no século 19. Hoje, a planta que apresenta flores grandes e de cores vivas proliferou além dos jardins e é uma ameaça para plantas locais menores e para borboletas e mariposas.

Chegando junto
O projeto Cidade Verde, que aconteceu em Lahti, cidade de cerca de 121 mil habitantes no sul da Finlândia, atraiu 152 voluntários que trabalharam 2.254 horas para remover as espécies invasoras de 17 hectares da cidade, inclusive em parques, ruas, margens dos rios e de outras áreas naturais.

O clube trabalhou com o departamento de meio ambiente da cidade para determinar as áreas de foco. Eles também realizaram um breve treinamento para os Leões que supervisionaram o projeto.

“Visitamos todos os lugares onde as espécies exóticas seriam removidas”, disse Vahala. “Portanto, todo Leão supervisor poderia identificar espécies alienígenas, saber como operar e conhecer os locais de ação.” O clube recebeu um subsídio do governo para o projeto que cobriu custos como ferramentas, treinamento e seguro.

Vahala disse que os jovens, que receberam uma pequena bolsa e certificado, gostaram do projeto.

“Eles ficaram gratos pela orientação e pela oportunidade de fazer algo pelo seu próprio meio ambiente”, disse ela.

Veja mais bondade em ação
Os clubes vencedores representam todas as áreas jurisdicionais e mostram como é significativo ser um Leão ou Leo. Veja a lista completa de vencedores.


Annemarie Mannion é uma escritora freelance e ex-repórter do Chicago Tribune que adora escrever sobre o bom trabalho que os Leões fazem.

A pandemia de coronavírus (COVID-19) impactou comunidades em todo o mundo de diferentes maneiras. Para garantir que estamos servindo com segurança onde quer que vivemos, os Leões devem seguir as diretrizes dos Centros de Controle de Doenças, da Organização Mundial da Saúde ou das autoridades locais de saúde. Visite nossa página Servindo com segurança para obter recursos que podem ajudar você a servir sua comunidade com segurança.