Visite a página de Recursos para servir com segurança para dicas e ferramentas para servir de forma segura a sua
comunidade e faça uma doação à LCIF para impulsionar o serviço dos Leões do conforto e segurança do seu lar.

Início The Lions Blog GLOBAL HOPE: Esta é a nossa história

GLOBAL HOPE: Esta é a nossa história

Dr. Nmazuo Ozuah Janeiro 08, 2021
Um jovem paciente que recebia tratamento para câncer dançando durante as celebrações do último Dia Internacional do Câncer Infantil.

O seu filho está com câncer. Como você envolve uma mãe que nunca ouviu falar de câncer e está totalmente alheia à existência da doença? No entanto, ela continua procurando repetidamente atendimento para a filha de seis anos que está doente há mais de um mês. No início, a informam de que é apenas malária, mas várias semanas depois, a criança segue piorando. Quando finalmente encontra uma resposta - o diagnóstico - ela fica mais confusa do que no início da jornada.

Todas as crianças têm o direito de viver, independentemente de onde tenham nascido…

Esta é a história de muitos pais e filhos na África Subsaariana (SSA). Infelizmente, muitos nunca encontram respostas. Algumas famílias recebem o diagnóstico de câncer dos filhos bem tarde, quando a busca pela cura já não é mais uma opção. Apenas alguns na SSA percebem a existência do câncer infantil e sobrevivem a ele. É um grande contraste com a história dos países mais ricos, onde câncer se tornou uma palavra conhecida e a maioria das crianças diagnosticadas com ele sobrevive até a idade adulta. Na ASS, há vários fatores subjacentes a esta disparidade de sobrevivência, inclusive uma total falta de conscientização, falta de pessoal da saúde treinado, indisponibilidade de ferramentas para diagnóstico e acesso limitado a medicamentos e outras modalidades necessárias para o tratamento de cânceres.

Felizmente, a Global HOPE (Excelência em Hematologia-Oncologia Pediátrica), uma parceria única entre o Hospital Infantil do Texas e a Faculdade de Medicina de Baylor, está trabalhando para garantir que muito mais crianças na ASS sobrevivam ao câncer infantil e doenças sanguíneas. A missão da Global HOPE é gerar capacidade para tratar essas doenças, e estamos conseguindo isso por meio de parcerias com ministérios da saúde de vários países africanos, a Fundação de Lions Clubs International (LCIF) e Lions clubes locais. Desde 2016, mais de 8.000 crianças foram diagnosticadas e receberam tratamento por meio da Global HOPE. Um dos países da SSA cujas crianças e famílias se beneficiaram foi o Malaui.

Dr. Nmazuo Ozuah com um jovem paciente no Dia Internacional do Câncer Infantil.

Dr. Nmazuo Ozuah com um jovem paciente no Dia Internacional do Câncer Infantil.

Na capital do país, Lilongwe, a Global HOPE ajudou a estabelecer um programa de hematologia-oncologia pediátrica que atende até dois terços da população do país. Estou entusiasmado por fazer parte desta equipe médica talentosa e dedicada que trabalha para levar esperança a famílias e garantir que o diagnóstico de câncer infantil no Malaui não seja uma sentença de morte. O potencial de impacto aqui é maior do que qualquer coisa de que já participei. Sempre fico surpreso com a transformação dessas crianças depois que começam o tratamento. A esperança que ressoa nas famílias é indescritível.

Uma das nossas metas é fazer com que os pacientes consigam ser crianças e, quando possível, sem muitos incômodos e dores associados ao câncer. Assim que se sintam melhor e consigam, incentivamos as crianças a se envolverem em várias atividades físicas e sociais divertidas. Assisti-las brincar, dançar e agir como crianças foi a coisa mais gratificante do meu trabalho.

A história do nosso impacto não poderia ser contada sem reconhecer a ajuda que recebemos dos nossos parceiros nessa estratégia. É preciso parcerias fortes e uma abordagem temática multidisciplinar para garantir que alcancemos as metas de aumentar a sobrevivência ao câncer infantil.

No Malaui, a Global HOPE fez parceria com LCIF e Leões locais para fornecer suplementação nutricional a crianças recebendo tratamento para câncer. Mais de 70% das crianças que tratamos estão desnutridas quando diagnosticadas. Como em muitas partes do mundo, a desnutrição é um grande desafio, mas o impacto é ainda pior quando as crianças também têm câncer. Isso se torna ainda mais crítico porque o estado nutricional da criança afeta a sua tolerância aos tratamentos que recebe.

Na SSA, mais de 100.000 crianças são diagnosticadas com câncer por ano e, atualmente, 90% delas morrem. Todas as crianças têm o direito de viver, independentemente de onde tenham nascido - e esta é a história da Global HOPE.

Para saber mais sobre como LCIF e a Global HOPE do Hospital Infantil do Texas estão fazendo parcerias para combater o câncer infantil na África Subsaarian, visite lionsclubs.org/GlobalHOPE.


O Dr. Nmazuo Ozuah é hematologista-oncologista pediátrico do Hospital Infantil do Texas e da Faculdade de Medicina de Baylor.

A pandemia de coronavírus (COVID-19) impactou comunidades em todo o mundo de diferentes maneiras. Para garantir que estamos servindo com segurança onde quer que vivemos, os Leões devem seguir as diretrizes dos Centros de Controle de Doenças, da Organização Mundial da Saúde ou das autoridades locais de saúde. Visite nossa página Servindo com segurança para obter recursos que podem ajudar você a servir sua comunidade com segurança.