Início Enfrentando o desafio: A luta contra a oncocercose
 

Enfrentando o desafio: A luta contra a oncocercose

Bill Hatzos Maio 14, 2019

Em um mundo em que 40 por cento da população é afetada pela escassez de água, é difícil de entender que pessoas abandonem suas casas e terras férteis perto de rios e córregos que fluam de forma abundante. No entanto, às vezes elas têm que abandonar. E é por uma boa razão - a oncocercose.

A oncocercose é uma doença agonizante causada pela picada de borrachudos infectados, que habitam perto de cursos de águas rápidas. As manifestações mais evidentes da doença são coceira intensa, erupções cutâneas, descoloração da pele e doença ocular que pode levar à cegueira permanente. Mas a devastação é massiva.

Muitas pessoas abandonam suas casas, terras e meios de subsistência em vales dos rios simplesmente para evitar a doença, prejudicando a produtividade econômica para muitas aldeias em algumas das áreas mais pobres do mundo.

Uma terrível crise da visão
A Organização Mundial da Saúde fornece essas estimativas preocupantes:

  • Pelo menos 25 milhões de pessoas estão infectadas com a oncocercose, enquanto que 123 milhões de pessoas vivem em áreas que as colocam em risco de infecção.
  • Cerca de 300.000 pessoas são cegas, e outras 800.000 têm deficiências visuais por causa do parasita transmitido através da picada do borrachudo.
  • Quase 99 por cento das pessoas infectadas vivem na África.

LCIF distribuiu 293 milhões de tratamentos com Mectizan® por meio de subsídios, dos quais 218 milhões foram através da nossa parceria com o Centro Carter.

O trabalho do SightFirst
Homens, mulheres e crianças estão sofrendo com a dor, ardência e coceira que a oncocercose provoca; todos são suscetíveis à doença. Os pais estão perdendo a visão e a capacidade de sustentar os filhos. As crianças perdem a concentração na escola. Na liderança do combate à cegueira evitável, os Leões sabiam que precisavam intervir e agir de forma pertinente. Onde há uma necessidade, há um Leão.

Desde 1993, a Fundação de Lions Clubs International (LCIF) já concedeu US$ 44,8 milhões para apoiar a distribuição de cerca de 293 milhões de tratamentos com Mectizan®, medicamento contra a oncocercose, em 15 países da África e da América Latina. O SightFirst proporcionou o treinamento de mais de um milhão de voluntários das comunidades para distribuir o medicamento. Parcerias de LCIF, como as que temos com as iniciativas do Programa Africano para Controle da Oncocercose e do Programa para Eliminação da Oncocercose nas Américas, são essenciais para estes esforços de garantir que a oncocercose deixe de ser um problema de saúde pública.

LCIF começou a aprovar fundos para o controle da oncocercose em 1996 para Camarões, quando foram aprovados US$ 2.063.400 para um subsídio que foi dividido entre o Centro Carter, Sightsavers, Helen Keller International e Fundação Oftalmológica Internacional. O SightFirst mantém desde 1999 uma estreita parceria com o Centro Carter — um líder na luta contra a oncocercose.

A eficaz colaboração entre ONGs, ministérios da saúde, governos, empresas do setor privado, agências da ONU e outras instituições tem produzido ótimos resultados. A Colômbia e Equador estão entre os primeiros países do mundo a eliminarem totalmente a oncocercose por meio da prevenção, tratamento e informações sobre saúde. Na África, estudos recentes demonstraram a primeira evidência da possibilidade de erradicação da doença em algumas áreas. Estes avanços na luta pela erradicação da oncocercose não estão apenas prevenindo a cegueira, mas também permitindo que as pessoas retornem às áreas onde moravam e restabeleçam a economia local.

Um passo a mais para a erradicação da oncocercose
A transmissão da oncocercose foi interrompida nos estados nigerianos de Plateau e Nasarawa, dando início a um futuro melhor no país com a maior endemia de oncocercose do mundo. Além disso, com o apoio de LCIF, a Organização Mundial da Saúde confirmou que a Colômbia se livrou da oncocercose em 2013, seguida pelo Equador, México e Guatemala em 2014, 2015 e 2016, respectivamente.

Até esta data, LCIF já concedeu quase US$ 45 milhões em subsídios para combater a oncocercose em todo o mundo, inclusive US$ 28 milhões por meio da parceria com o Centro Carter.

Este centro, fundado pelo ex-presidente dos EUA (e Leão) Jimmy Carter e a ex-primeira-dama Rosalynn Carter, se dedica a promover a paz, combater doenças e gerar esperança. LCIF distribuiu 293 milhões de tratamentos com Mectizan® por meio de subsídios, dos quais 218 milhões foram através da nossa parceria com o Centro Carter.

Apoiando os Leões, servindo a humanidade e levando esperança às pessoas
A dor, as deformações e a perda de visão causadas pela oncocercose são evitáveis. Graças à parceria de LCIF com o Centro Carter e às generosas doações das principais empresas farmacêuticas, como a Merck, talvez a eliminação global da oncocercose já esteja à vista.

Quase 75% das deficiências visuais são evitáveis ou curáveis, geralmente com apenas alguns dólares. LCIF seguirá com o compromisso de mais de um quarto de século da Fundação para eliminar a cegueira evitável em todo o mundo:

  • Ajudando 30 milhões de pessoas para que melhorem ou restaurem a visão.
  • Investindo US$ 415 milhões para levar atendimento a ainda mais pessoas em todo o mundo.

Saiba mais sobre a missão da Campanha 100: LCIF Impulsionando o Serviço, que torna possíveis histórias como esta por meio dos nossos subsídios.

Clique no botão abaixo para saber mais sobre a incumbência de livrar o mundo da cegueira infecciosa, reduzir a cegueira evitável e deficiências visuais e melhorar a qualidade geral de vida para aqueles afetados por elas.

Faça o download do eBook


Bill Hatzos é o especialista sênior em marketing da Fundação de Lions Clubs International.