Small Font Medium Font Large Font

Lions Clubs International Lions Clubs Online Radio Strengthen the Pride

Comunicado à imprensa


print

A LCIF compartilha em comemoração a erradicação da oncocercose na Colômbia

BOGOTÁ, Colômbia, 29 de julho de 2013 - Wayne Madden, presidente da Fundação de Lions Clubs International (LCIF), uniu-se ao ex-presidente dos EUA Jimmy Carter em uma cerimônia especial para parabenizar o presidente Juan Manuel Santos e a população da Colômbia por ser o primeiro dos seis países nas Américas a eliminar a oncocercose. A oncocercose, também conhecida como cegueira dos rios ou mal do garimpeiro, é uma doença parasitária que causa forte irritação, lesões nos olhos e cegueira irreversível.

É um dia inesquecível para os colombianos e é uma honra participar desta comemoração. O Lions está comprometido em preservar a visão e eliminar a cegueira evitável em todo o mundo. "A Colômbia é a comprovação de que o objetivo está ao nosso alcance quando pessoas solidárias e engajadas trabalham juntas", afirmou Wayne Madden, presidente da LCIF.

Para promover a campanha contra a oncocercose, a LCIF doou mais de US$ 6 milhões para o The Carter Center, o que levou a campanha a eliminar a doença na América Latina.

"A conquista na Colômbia demonstra que um futuro sem oncocercose é possível para todos nas Américas", declarou Jimmy Carter, ex-presidente dos EUA, fundador do The Carter Center e sócio do Lions Clube.

Em 1999, o Lions se uniu ao The Carter Center no combate à oncocercose na América Latina, tendo como meta seis países onde a doença era endêmica: Brasil, Colômbia, Equador, Guatemala, México e Venezuela.

Quando o programa foi lançado, estimava-se que 500 mil pessoas nas Américas corriam risco de serem afetadas pela oncocercose nestes seis países. Como resultado de uma campanha muito bem-sucedida, a transmissão de uma anteriormente doença tropical negligenciada foi reduzida em 96% da região.

A oncocercose foi eliminada por meio da administração em toda a comunidade do remédio ivermectin (Mectizan®, doado pela Merck) a todas as pessoas na área atingida, seguida por três anos de acompanhamento pós-tratamento para determinar se a transmissão apareceria novamente. Em 5 de abril de 2013, a Organização Mundial da Saúde atestou a eliminação da doença na Colômbia.

Por meio do programa SightFirst da LCIF, que financia projetos sustentáveis de alta qualidade que enfrentem as principais causas de deficiência visual e cegueira, o Lions contribuiu com mais de US$ 42 milhões para o The Carter Center para projetos de tracoma e oncocercose na África e América Latina.



###
Sobre a Fundação de Lions Clubs International
A Fundação de Lions Clubs International (LCIF) é o braço filantrópico oficial do Lions Clubs International, a maior organização de clubes de serviços do mundo, com 1,35 milhão de sócios em 207 países e áreas geográficas em todo o mundo. Fundada em 1968, a LCIF está envolvida com a prevenção da cegueira evitável em escala global há mais de 20 anos por meio do Programa SightFirst. Os Leões estão investindo US$ 415 milhões no programa SigthFirst e já ajudaram a recuperar a visão de milhões de pessoas ao redor do mundo. Saiba mais em lcif.org.  

Sobre o The Carter Center
O The Carter Center, uma organização não governamental sem fins lucrativos, ajudou a melhorar a vida das pessoas em mais de 70 países através da resolução de conflitos; promoção da democracia, direitos humanos e oportunidades econômicas; prevenção de doenças e melhoria dos cuidados com saúde mental. O Centro foi fundado em 1982 por Jimmy Carter, ex-presidente dos EUA, e sua esposa, Rosalynn, em parceria com a Emory University, para promover a paz e a saúde em todo o mundo. Saiba mais em CarterCenter.org.



Contato com a mídia:
Chris Bunch
Especialista em comunicações
Lions Clubs International


Rotating pictures of Lions.

© Lions Clubs International
300 W. 22nd Street, Oak Brook, IL 60523-8842

Custom web development, hosting and implementation provided by Alkon Consulting